Outubro Rosa na UVA
6 de outubro

Outubro Rosa na UVA

Acessibilidade

#OutubroRosanaUVA

O Outubro Rosa é um alerta de amor próprio e autoestima que toda mulher precisa ter. Cuidar-se sempre para estar bem. Por isso, nao esqueça de fazer seus exames periódicos. Razões não faltam para isso. Segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), o câncer de mama é o mais comum em mulheres no mundo, representando 24,2% do total de casos em 2018, com aproximadamente 2,1 milhão de novos registros.

É a quinta causa de morte por câncer em geral (626.679 óbitos) e a causa mais frequente de morte por câncer em mulheres. Depois dos tumores de pele não melanoma, o câncer de mama também é o mais incidente em mulheres de todas as regiões do Brasil. Para o ano de 2020 foram estimados 66.280 casos novos, o que representa uma taxa de incidência de 43,74 casos por 100.000 mulheres.

No Brasil, excluídos os tumores de pele não melanoma, o câncer de mama também é o mais incidente em mulheres de todas as regiões. Para o ano de 2020 foram estimados 66.280 casos novos, o que representa uma taxa de incidência de 43,74 casos por 100.000 mulheres.


Na mortalidade proporcional por câncer em mulheres, no período 2014-2018, os óbitos por câncer de mama ocupam o primeiro lugar no país, representando 16,5% do total de óbitos. Esse padrão é semelhante para as regiões brasileiras, com exceção da região Norte, onde os óbitos por câncer de mama ocupam o segundo lugar, com 13,2%. Os maiores percentuais na mortalidade proporcional por câncer de mama foram os do Sudeste (16,9%) e Centro-Oeste (16,7%), seguidos pelos Sul (15,4%) e Nordeste (15,23%).
 
A incidência do câncer de mama tende a crescer progressivamente a partir dos 40 anos, assim como a mortalidade por essa neoplasia. Na população feminina abaixo de 40 anos, ocorrem menos de 10 óbitos a cada 100 mil mulheres, enquanto na faixa etária a partir de 60 anos o risco é 10 vezes maior.

Por isso, CUIDE-SE!